d1

A cirurgia oculoplástica é uma especialidade da oftalmologia que cuida das estruturas que dão proteção aos nossos olhos, sendo as pálpebras uma das que mais se destacam nessa função. Diversas causas podem levar a alterações dessas estruturas, comprometendo não só a funcionalidade, como também a estética. Podemos citar entre estes fatores os traumas, flacidez e excesso tecidual ou até tumorações benignas ou malignas.
O cirurgião oculoplástico pode identificar e corrigir essas alterações, restabelecendo as condições ideais de proteção e estética dos nossos olhos.

Os principais procedimentos realizados são:
– Correção do aspecto caído do olho;
– Remoção do excesso de pele das pálpebras;
– Remoção de bolsas de gordura;
– Ptose Palpebral;
– Tratamento de lesões e tumores palpebrais;
– Entrópio e Ectrópio Palpebral;
– Desobstrução das Vias Lacrimais;
– Tratamento de Lagoftalmo.

A obstrução da via lacrimal pode ocorrer em bebês. Estes pacientes apresentam conjuntivite com frequência, olhos lacrimejando e secreção ocular contínua. Devem ser tratados pelo oftalmologista especialista em plástica ocular, através da massagem do canal lacrimal e colírios, se necessário, e se mantiverem os sintomas, devem ser operados antes de um ano de idade.